Pense e Viva

Você vai investir nisso?

“Disse, pois, Jeremias: Veio a mim a palavra do Senhor, dizendo:
Eis que Hanameel, filho de Salum, teu tio, virá a ti dizendo: Compra para ti a minha herdade que está em Anatote, pois tens o direito de resgate para comprá-la.
Veio, pois, a mim Hanameel, filho de meu tio, segundo a palavra do Senhor, ao pátio da guarda, e me disse: Compra agora a minha herdade que está em Anatote, na terra de Benjamim; porque teu é o direito de herança, e tens o resgate; compra-a para ti. Então entendi que isto era a palavra do Senhor.
Comprei, pois, a herdade de Hanameel, filho de meu tio, a qual está em Anatote; e pesei-lhe o dinheiro, dezessete siclos de prata”.
(Jeremias 32:6-9)

Entender o agir de Deus, muitas vezes não é tarefa fácil. Quanto mais tentamos entender, mais nos damos conta que Ele é especialista em desafiar a lógica humana.

O texto acima nos mostra bem isso. Deus fala com o profeta Jeremias e lhe diz que um primo irá visita-lo para lhe propor um negócio: comprar um campo, e que Jeremias deve fechar o negócio.

Aparentemente não há nada de desafiador nisso, tratava-se de um negócio comum, a simples compra de um terreno. Aparentemente, pois essa ordem que Deus dá a Jeremias é muito mais desafiadora do que se pode imaginar.

Seria um negócio simples se não fosse pela existência de dois complicadores:

O primeiro deles era o fato de Jeremias estar preso e Jerusalém estar prestes a ser invadida pela Babilônia. A perspectiva em permanecer vivo e desfrutar da compra do campo não era das maiores.

O segundo complicador era que o campo ofertado a Jeremias estava servindo de acampamento para o exército inimigo. Jeremias deveria investir em algo que o inimigo havia tomado posse. Que valor pode ter aquilo que está sob o domínio do inimigo?

Analisando esses fatos, humanamente falando, chegamos à conclusão que Deus estava mandando Jeremias cometer uma loucura, investir uma alta soma em algo que aparentemente não valia nada. Porém, muito mais do que um simples negócio, Deus estava ensinando a Jeremias uma lição sobre esperança.

Parecia ser um péssimo negócio, mas como foi Deus quem mandou, o profeta prontamente obedeceu. Após obedecer, depois de ter selado a escritura e efetuado o pagamento, Deus fala novamente a Jeremias, e dessa vez a palavra que vêm do Senhor é uma promessa de restauração: “E assinei a escritura, e selei-a, e fiz confirmar por testemunhas; e pesei-lhe o dinheiro numa balança”. E tomei a escritura da compra, selada segundo a lei e os estatutos, e a cópia aberta. E dei a escritura da compra a Baruque, filho de Nerias, filho de Maaséias, na presença de Hanameel, filho de meu tio e na presença das testemunhas, que subscreveram a escritura da compra, e na presença de todos os judeus que se assentavam no pátio da guarda.
E dei ordem a Baruque, na presença deles, dizendo: Assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: Toma estas escrituras, este auto de compra, tanto a selada, como a aberta, e coloca-as num vaso de barro, para que se possam conservar muitos dias.
Porque assim diz o Senhor dos Exércitos, o Deus de Israel: Ainda se comprarão casas, e campos, e vinhas nesta terra. (
Jeremias 32:10-15)

Deus estava ensinando a Jeremias e ao povo que “tudo pode mudar, mesmo que pareça estar perdido”.

Jeremias obedeceu mesmo contra a razão e Deus lhe fez uma promessa: Tudo vai voltar a ser como era antes, o inimigo não dominará para sempre, ainda se comprarão casas, e campos, e vinhas nessa terra.

Quanta gente vive nessa mesma circunstância, investindo tempo, dinheiro, amor, cuidado, em pessoas ou coisas que pra muitos não têm mais nenhum valor. Quanta gente é tida como louca por investir naquilo que muitos acham que ela nunca mais vai desfrutar, ou por acreditar em alguém que humanamente falando está perdido, já é considerado propriedade do inimigo. Fácil é ser como o primo de Jeremias, que diante da ameaça se desfez de sua herança.

A diferença entre preço e valor é muito grande. Preço é quanto paga quem vai comprar, valor é quanto realmente vale para o proprietário. Satanás colocou um preço em nós, Jesus pagou esse preço e agora passamos a ter valor, valemos o Seu sangue!

Todos nós temos nosso campo de Anatote. Talvez Deus esteja te falando, através desse texto, que você deve continuar investindo tudo o que você tem naquela pessoa que o inimigo está dominando através de um vício; talvez o seu investimento deva ser num relacionamento que você já nem desfruta mais, talvez seja em manter vivo aquele negócio que muitos não dariam um tostão furado.

Não deixe que ninguém coloque preço naquilo que Deus te deu. Não importa que digam que você enlouqueceu, não importa que digam que não vale a pena continuar investindo, não importam as tuas limitações, Deus pode todas as coisas!

Depois de ter confirmado a compra, Jeremias volta a falar com Deus e demonstra um certo temor. Parece que a dúvida invade a sua mente, ele começa a falar sobre o poder e os avanços do exercito inimigo; por um instante tira os olhos de Deus e os coloca na realidade. Então Deus interrompe a fala de Jeremias e lhe dirige essas palavras: “Então veio a palavra do Senhor a Jeremias, dizendo: Eis que eu sou o Senhor, o Deus de toda a carne; acaso haveria alguma coisa demasiado difícil para mim”? (Jeremias 32:26,27)

A realidade nos assusta e muitas vezes nos faz temer, mas nessas horas Deus nos lembra que para Ele não há nada demasiadamente difícil. Quando nós não podemos, Ele pode!

Continue investindo, há uma promessa para os que confiam no Senhor: O inimigo não dominará para sempre e nós vamos desfrutar dessa restituição.

Anatote significa “oração respondida”. Deus está ouvindo nossa oração, e Ele está nos respondendo: Ainda se comprarão casas, e campos, e vinhas nesta terra.

Pense nisso e ponha em prática.

Que o Senhor Jesus te abençoe.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Alguns campos com * são obrigatórios.








AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na leitura acima, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.