Pense e Viva

A Tatuagem de Deus

Você deve ter se espantado com o título desta postagem, e pode até estar querendo me chamar de herege; perdoe-me se provoquei esse sentimento em você, não era essa a minha intenção. Meu objetivo não é provocar a sua ira, mas sim, a sua curiosidade.

Tatuagem é um tema polêmico. Enquanto alguns cristãos não veem nada de mal em marcar o seu corpo, outros consideram isso um pecado. Eu particularmente considero isso uma discussão desnecessária e que não acrescenta em nada, mas usarei o tema como introdução ao assunto que desejo abordar com este texto.

A bíblia fala bem pouco sobre o assunto. Há um versículo muito usado por aqueles que são contrários ao uso de tatuagem: “Não cortareis o cabelo, arredondando os cantos da vossa cabeça, nem danificareis as extremidades da tua barba”.
Pelos mortos não dareis golpes na vossa carne; nem fareis marca alguma sobre vós. Eu sou o Senhor. (
Levítico 19:27-28)

É preciso entender o contexto e a aplicação dessas palavras que Deus dá ao seu povo. Eles estão prestes a entrar na terra prometida, e Deus lhes dá uma série de recomendações sobre como se comportar e como se apresentar, para que eles não fossem confundidos com os povos pagãos, entre os quais passariam a habitar. A recomendação de não fazer marcas no corpo era devido a esse fato e não traz nenhuma implicação fora desse contexto, assim como não é pecado hoje “arredondar os cantos do cabelo”. Usar o texto de Levítico para condenar o uso de tatuagem nos dias atuais é forçar um pouco a barra, é legislar em causa própria, além do que, não fomos chamados por Deus para sermos juízes de nossos irmãos.

Por outro lado, aos defensores do uso da tatuagem, é importante que se faça a seguinte pergunta: Qual o objetivo de fazer uma tatuagem? Que finalidade ela terá? Que mensagem ela passará aos que olharem para o seu corpo?  Nesse caso é conveniente o uso do versículo que Paulo escreve aos Coríntios: “Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus”. (1 Coríntios 10:31). O pecado não está em marcar o corpo, mas pode estar na motivação e no efeito que isso produzir. Há muitas pessoas marcadas por fora, mas vazias por dentro, assim como há também os “limpos” por fora e sujos por dentro.

Essa é a minha opinião sobre o assunto, eu mesmo tenho tatuado em meu braço o nome das minhas três filhas. Não sou dono da verdade, não tenho a intenção de ser, e respeito quem pensa de maneira diferente, mas, goste você ou não, preciso lhe dizer que Deus também usa tatuagem: “Eis que nas palmas das minhas mãos eu te gravei; os teus muros estão continuamente diante de mim”. (Isaías 49:16)

Pare para pensar por um momento: Deus gravou o meu e o seu nome nas palmas das mãos Dele. Você consegue medir a profundidade disso?

Ninguém grava na palma da mão, o nome de alguém que não conheça ou que não tenha importância para a sua vida.

O relacionamento de Deus para conosco não é algo impessoal, muito pelo contrário. Quando alguém fala o nosso nome nos céus, não está falando de alguém que seja desconhecido por Deus, Ele não responde da seguinte forma: “Ah, acho que sei quem é, já ouvi falar do seu nome”. Quando nosso nome é pronunciado, Deus aponta para a palma da mão e diz: “Ele é meu! Ela é minha”!

Somos preciosos para Deus, Ele nos ama, e mais do que isso, não se esquece de nós, em nenhum momento. Ele declara isso quando diz: “Porventura pode uma mulher esquecer-se tanto de seu filho que cria, que não se compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse dele, contudo eu não me esquecerei de ti”. (Isaías 49:15)

De verdade, não conheço quase ninguém que tenha feito uma tatuagem na palma da mão. A maioria dos que tatuam o seu corpo, o fazem para que alguém veja. Deus gravou nosso nome na palma da mão para que Ele veja! Dessa forma, Deus se lembra de nós em tudo o que faz, nós estamos presente, somos a Sua inspiração, fazemos parte dos Seus pensamentos e ações.

Gravar o nosso nome em Suas mãos foi uma declaração de amor do nosso Pai.

Cada vez que olho para o nome das minhas filhas tatuado em meu braço, lembro-me do quanto ás amo e do quanto elas representam em minha vida. Nada do que possa acontecer mudará isso, isso não depende delas nem de circunstâncias, foi uma opção minha, elas estão gravadas em mim, pra sempre.

Assim é com Deus. Nada apaga o nosso nome gravado Nele. Mesmo que você não se relacione com Ele, seu nome está gravado lá; mesmo que você tenha se esquecido Dele, seu nome continua gravado em Suas mãos; talvez Ele olhe para o teu nome e sinta saudades suas, mas jamais apagará ou gravará outro nome sobre o teu.

Perdemos tempo com discussões tolas que não levam a lugar nenhum, quando deveríamos desfrutar do amor incondicional de Deus. Ter ou não ter uma tatuagem não fará de você alguém melhor do que o seu próximo. A graça de Deus põe todos nós num mesmo nível, a palavra nos lembra que “todos pecaram e destituídos estavam da Glória de Deus”. (Romanos 3:23)

Se você é favorável ao uso de tatuagem, não critique a opção daqueles que são contra. Sinta-se livre para fazer, mas não se esqueça de glorificar a Deus com isso, e lembre-se que, mesmo apresentando um corpo tatuado, a melhor forma de chamar a atenção das pessoas é resplandecendo a presença de Deus na sua vida.

Para os que são contra, não julgue os que fazem uso. Se olhar para a tatuagem do teu irmão te faz pecar, feche os teus olhos e imagine Deus levantando as mãos para abençoar a humanidade, é bem provável que você enxergue o seu nome gravado nas mãos Dele.

O que faz diferença não são as marcas que nós carregarmos em nosso corpo, outras marcas já fizeram a diferença. Nas mãos de Jesus estão as marcas que mostram que Ele nos resgatou e nos livrou da morte, do lado do Seu corpo está a marca que mostra que Ele verteu todo o seu sangue para nos resgatar do pecado, e é por causa dessas marcas que um dia estaremos juntos, celebrando junto ao Pai, participando das bodas do cordeiro.

Naquele dia, eu e você não precisaremos de convite, porque nosso nome já está gravado, nas mãos do dono da festa!

Pense nisso e ponha em prática.

Que o Senhor Jesus te abençoe.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Alguns campos com * são obrigatórios.








AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na leitura acima, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.